top of page

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal. Melhora de Parâmetros relacionados com a Colite Ulcerativa.


Coenzima Q10 na Saúde Intestinal

Coenzima Q10 como Adjuvante no Tratamento da Colite Ulcerativa.

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal e Auxílio no Controle da Inflamação


A colite ulcerativa é uma doença crônica recorrente do cólon e reto caracterizada por inflamação e ulceração da mucosa. Além disso, um dos fatores mais importantes no desenvolvimento da Colite Ulcerativa é o estresse oxidativo.

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal

Existem vários mecanismos de defesa antioxidante celular, incluindo vias não enzimáticas e enzimáticas, para proteger os sistemas biológicos das ROS. O mecanismo de defesa antioxidante não enzimático compreende vitaminas A, E, C, peptídeos de glutationa, zinco, selênio, ácido úrico e cofatores, como coenzima Q10. Os sistemas de defesa antioxidante enzimático incluem catalase, superóxido dismutase (SOD) e glutationa peroxidase (GPX). O sistema de defesa antioxidante desempenha um papel importante na modulação do estresse oxidativo e danos celulares, modificando os radicais livres.


Propriedades da Coenzima Q10


A coenzima Q10 (CoQ10; também conhecida como ubiquinona) é uma substância semelhante a uma vitamina com multifunções, sintetizada naturalmente pelo organismo e pode ser obtida por meio da dieta ou por via oral como suplemento dietético. No entanto, seus níveis podem diminuir devido à falta de nutrientes envolvidos na síntese de CoQ10, inflamação e circunstâncias de estresse oxidativo de algumas doenças crônicas que levam ao aumento da necessidade de CoQ10 para o tecido.

A coenzima Q10 tem potentes propriedades farmacológicas anti-inflamatórias, antioxidantes e atua na geração de energia mitocondrial. Foram demonstrados efeitos benéficos da coenzima Q10 na qualidade de vida, fadiga e dor. Além disso, o efeito cólon protetor da CoQ10 em modelos experimentais de colite ulcerativa foi observado.


Estudo Demonstra


Coenzima Q10 Auxilia no Gerenciamento de Pacientes com Colite Ulcerativa


O objetivo desse estudo randomizado, duplo-cego e controlado foi avaliar a eficácia da coenzima Q10 no estado inflamatório e oxidativo, peptídeos antimicrobianos e expressão do microRNA-146a em pacientes com colite ulcerativa (FARSI; EBRAHIMI-DARYANI; GOLAB; AKBARI et al., 2021).

Coenzima Q10 na Saúde Intestinal

Grupo 1 (n=44) - Coenzima Q10 - 200mg ao dia Grupo 2 (n=44) - Placebo - 200mg ao dia

No início do estudo e durante oito semanas foram avaliados os seguintes parâmetros: níveis séricos de Nrf2 (nuclear factor erythroid 2-related factor 2 – modula positivamente os genes que codificam enzimas antioxidantes), níveis de β-defensina 2, IL-10, IL-17, catelicidina e a atividade de NF-κB p65 em células mononucleares do sangue periférico (PBMCs). Foram avaliados também os escores do simple Clinical Colitis Activity Index (SCCAIQ) e os escores que medem a qualidade de vida (pontuação IBDQ-32).


Resultados:


Uma redução significativa foi detectada no nível sérico de IL-17, atividade de NF-κB p65 em PBMCs e também pontuação do SCCAIQ no grupo CoQ10 em comparação com o grupo placebo, enquanto as concentrações séricas de IL-10 e pontuação IBDQ-32 do grupo CoQ10 aumentou consideravelmente em relação ao grupo de controle; as mudanças dessas variáveis também foram significativamente diferentes dentro e entre os grupos no final do estudo;

Além disso, a CoQ10 aumentou notavelmente os níveis séricos de catelicidina;

Nenhuma diferença estatística, entretanto, foi observada entre os dois grupos em termos dos níveis séricos de Nrf2 e β-defensina 2.


Conclusão:


De acordo com os resultados, a suplementação de coenzima Q10, associada à terapia medicamentosa, parece reduzir de forma eficaz a inflamação em pacientes com colite ulcerativa leve a moderada em uma fase de remissão.


Formulário 1

Suplementações voltadas para a Melhora da Saúde Intestinal


Coenzima Q10 Auxilia no Gerenciamento da Colite Ulcerativa


Cápsulas de Coenzima Q10

Coenzima Q10..........200mg

Excipiente qsp......1 Cápsula

Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.


Suplementação com Saffron Aumenta os Fatores Antioxidantes e Reduz a Severidade da Colite Ulcerativa


Cápsulas de Saffron

Saffron......................100mg

Excipiente qsp.....1 Cápsula

Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.


Esse estudo randomizado e duplo-cego avaliou os efeitos da suplementação de Saffron na severidade da doença e fatores oxidativos e antioxidantes em pacientes com colite ulcerativa (TAHVILIAN; MASOODI; FAGHIHI KASHANI; VAFA et al. 2021) Para isso, 80 pacientes com colite ulcerativa leve a moderada foram selecionados para receberem por oito semanas a seguinte posologia: grupo 1 – Saffron 100 mg/dia e grupo 2 – placebo. Após 8 semanas, houve melhora significativa na pontuação média do Simple Clinical Colitis Activity Index Questionnaire, níveis séricos de Capacidade Antioxidante Total, superóxido dismutase e glutationa peroxidase em pacientes que receberam Saffron comparado ao grupo placebo. A suplementação de Saffron pode ser uma alternativa eficaz na melhora dos fatores antioxidantes e redução da severidade da doença em pacientes com Colite Ulcerativa.


Formulário 2

Outras Suplementações voltadas para a Melhora da Saúde Intestinal


Curcumina Melhora os Sinais Clínicos e Qualidade de Vida dos Pacientes com Colite Ulcerativa


Cápsulas de Curcumina

Curcumina.................500mg

Excipiente qsp......1 Cápsula

Administrar 1 cápsula 3 vezes ao dia ou conforme orientação médica.


O objetivo desse estudo randomizado e duplo-cego foi avaliar os efeitos da curcumina na melhora da atividade da colite ulcerativa (SADEGHI; MANSOORI; SHAYESTEH; HASHEMI, 2020). Assim, 70 pacientes (idade entre 18 e 70 anos) com colite ulcerativa leve a moderada foram randomizados para receberem durante 8 semanas: curcumina (500 mg, 3 vezes ao dia) ou grupo 2 - placebo. As alterações nos escores do Simple Clinical Colitis Activity Index foram significativamente melhorados no grupo curcumina comparado ao placebo. Os escores do Inflammatory Bowel Disease Questionnaire-9 e qualidade de vida também foram significativamente maiores no grupo curcumina comparado ao placebo. A suplementação de curcumina reduziu significativamente os níveis séricos de Proteína C Reativa de alta sensibilidade (PCR-hs) e a Taxa de sedimentação eritrocitária em comparação ao placebo. A suplementação de curcumina, juntamente com a terapia medicamentosa, está associada a uma melhora significativa dos resultados clínicos, qualidade de vida, PCR-as e taxa de sedimentação eritrocitária em pacientes com colite ulcerativa leve a moderada.


Resveratrol Reduz Marcadores Inflamatórios e Atividade da Colite Ulcerativa


Cápsulas de Resveratrol

Resveratrol..................500mg

Excipiente qsp........1 Cápsula

Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.


De acordo com os resultados de um estudo, houve um aumento dos níveis séricos de SOD (superóxido dismutase) e na capacidade antioxidante total, enquanto que o nível de MDA diminuiu nos pacientes colite ulcerativa que receberam resveratrol. Já os valores de SCCAIQ diminuíram significativamente no grupo resveratrol (SAMSAMIKOR; DARYANI; ASL; HEKMATDOOST, 2016).


Referências Bibliográficas


FARSI, F.; EBRAHIMI-DARYANI, N.; BARATI, M.; JANANI, L. et al. Effects of coenzyme Q10 on health-related quality of life, clinical disease activity and blood pressure in patients with mild to moderate ulcerative colitis: a randomized clinical trial. MJIRI, 35, n. 1, p. 22-32, 2021.


TAHVILIAN, N.; MASOODI, M.; FAGHIHI KASHANI, A.; VAFA, M. et al. Effects of Saffron supplementation on oxidative/antioxidant status and severity of disease in ulcerative colitis patients: A randomized, double-blind, placebo-controlled study. Phytotherapy Research, n/a, n. n/a.


SADEGHI, N.; MANSOORI, A.; SHAYESTEH, A.; HASHEMI, S. J. The effect of curcumin supplementation on clinical outcomes and inflammatory markers in patients with ulcerative colitis. Phytother Res, 34, n. 5, p. 1123-1133, May 2020.


SAMSAMIKOR, M.; DARYANI, N. E.; ASL, P. R.; HEKMATDOOST, A. Resveratrol Supplementation and Oxidative/Anti-Oxidative Status in Patients with Ulcerative Colitis: A Randomized, Double-Blind, Placebo-controlled Pilot Study. Arch Med Res, 47, n. 4, p. 304-309, May 2016.

49 visualizações0 comentário

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
Whatsapp
bottom of page